Sábado, 22 de Agosto de 2009

"Sacrificios"

Como diz nos lusíadas, "o amor é uma especie de deus poderoso, que exige sacrificios humanos". Pelo amor, há quem faça tudo. Há quem seja capaz de abdicar daquilo que dantes lhe pareçia imprescindivel. E há também aquelas raparigas, que deixam de ser elas próprias, para agradar a pessoa que amam.

Acho que eu sou mais a primeira escolha. Deixei de passar tardes com amigas, tardes no computador ou a ver televisão, para estar com ele.

Por ele, esforçei-me para ser uma pessoa melhor, eu sempre o tentei agradar.

Começei a tomar o pequeno almoço de manhã, um bom pequeno-almoço, e larguei a simples maçã diária. E no caminho para a escola, pensava sempre: "como o amor, consegue mudar as pessoas..."

Também consegui incentiva-lo a estudar, o que o fez feliz, pois esforçei-me e acabei por conseguir.

Abdquei do medo, do ciúme, e da tristeza muitas vezes, graças ao amor.

Abdquei de todo o receio para o amor e para ser feliz.

O amor, esse sim, tem tal poder, e tal força, que nunca acabou entre nós.

E já passaram quase 9 meses.

 

 

publicado por Juh às 01:12
link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito
Quinta-feira, 13 de Agosto de 2009

"Anos"

Quando se ouve falar da palavra "anos", lembro-me logo das minhas festas de quando era criança, dos bolos de anos com a kitty, dos chapeus de cartão do mickey, das linguas de sogra, das prendinhas que recebia, e que tanto estimava, pois adoro receber prendas.

Lembro-me também de não conseguir dormir na vesperá dos meus anos, e de sentir-me demasiado excitada, a pensar como correriam.

Este ano a lengalenga repetiu-se. Pareçia uma criança, estava super entusiasmada!

Acordei ás 9:34 (hora que eu nasci), e não voltei a dormir mais. Estava chateada com maior parte dos meus amigos, tinham decidido não ir ao jantar, e acho que maior parte foi porque lhes aborreçeu.

Passei o dia na praia, e estava com um certo "feeling" que tudo ia correr mal, até porque quando cheguei a casa e o meu pai já tinha ido buscar o bolo, em vez de ter saido "parabens juh" saiu "parabes juh".

Enfim, não liguei muito, fui-me despachar e fui directa ao restaurante.

Com apenas 10 pessoas, diverti-me bastante, e consegui rir-me :)

Percebi que quem apareçeu, foi mesmo meu amigo.

Ás vezes não interessa a quantidade, mas sim a qualidade!

Obrigada a todos os meus amigos e ao meu namorado espectacular pela noite!

 

 

publicado por Juh às 13:14
link do post | comentar | ver comentários (8) | favorito
Quarta-feira, 5 de Agosto de 2009

"O meu tesouro: tu"

Escrevo, mas faltam-me as palavras. Um blog, não serve para exprimir tudo o que sinto. Nem um caderno de 1000 folhas chegaria para te dizer o quanto mexes comigo. E não é preciso dizer tudo, basta apenas ser clara e sincera. O resto tu sabes. Todos os beijos, as noites a ver o luar, os desejos que temos em mente para a nossa relação, e as promessas do "Jamais un au revoir" que fazemos diariamente um ao outro, estão presentes em nós. E por mais que tentasse, eu não conseguiria dizer-te um adeus depois de tanta luta pelo nosso amor. :)

Depois destes 7 meses, que pareçeram 2 dias, sinto que te conheço desde pequenina, que vivi contigo. De Janeiro até Agosto o tempo passou tão rápido..
E a culpa disso deve-se a ti que me fizeste rir, rir, rir até não aguentar mais, que me fizeste perder a respiração com os teus beijos sedutores, que me fizeste feliz como eu não era á muito tempo.
Nestes 7 meses, dava para escrever um testamento sobre a nossa história. Mas se escrevesse não me podia esqueçer de nada, tinha de estar lá tudo: as saudades que ficam sempre por matar quando nos vemos, os abraços que me fazem bater o coração a mil á hora, os teus lábios a beijarem-me o pescoço, e a fazerem-me arrepiar, as tuas mãos a explorarem-me devagarinho e pausadamente cada parte e cada forma do meu corpo, todos os mimos que me deste e dás, e a luta continua pela nossa felicidade.
Pois, acho que nunca devemos pensar que não devemos lutar mais. Que já temos as pessoas na mão.
Eu pelo menos luto por ti sempre que posso, não te quero deixar fugir, és um tesouro.
E amo-te muito mesmo :)
 
 
publicado por Juh às 00:32
link do post | comentar | ver comentários (4) | favorito
Sábado, 1 de Agosto de 2009

"A minha primária"

Eu nunca me consegui fixar numa turma. Andei sempre a mudar de escola, por isso não consegui formar um "grupo". Tenho amigos separados, nada de grupos. Na primária, estive até ao 4ºano numa escola ao pé da minha casa, e detestava a maior parte dos meus colegas. Mesmo assim fiz 2 grandes amigas, a "I" e a "E".  Com a "E" deixei de manter contacto, pois ela mudou-se para Inglaterra, e no ano passado, soube que a mãe dela se tinha suicidado.

Fiquei com pena, nenhuma adolescente da nossa idade, mereçe perder a mãe, numa idade tão importante como os 13/14 anos (ela tinha 13 ou 12 anos na altura).

A minha outra grande amiga da primária, a "I", é minha vizinha. Durante 8 anos fomos melhores amigas, mas ultimamente temos andando mais separadas.

Parte da culpa disso, é dos meus pais, que já não me deixam andar com ela, como deixavam, desde que ela namora com um rapaz mais velho (e quando digo mais velho, é maior de idade), ás escondidas da mãe.

Outra razão para o nosso afastamento foi o meu namoro com o Fábio. Ela e ele, nunca se entenderam, e eu não percebo se é ciumes, ou maneiras de ser diferentes.

Ja tentei que eles ficassem amigos, mas acho que não vale a pena, ela não dá o braço a torçer. Tanto que não dá, que só vêm ter comigo, quando estou sozinha. 

A nossa amizade mudou, mas um dia, quando ela entender que eu sou feliz ao lado do Fábio, vai voltar a ser a mesma comigo.

Enfim..Nada é perfeito, ninguem é perfeito!

 

publicado por Juh às 13:16
link do post | comentar | ver comentários (7) | favorito

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Dezembro 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. Blog novo

. Hoje é dia 10/10/10

. A verdade doi

. Felicidade versus insegur...

. O maior susto, a pior tar...

. Excerto #

. Casting

. Promessas

. Exames

. A carta

.arquivos

. Dezembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

blogs SAPO

.subscrever feeds